Como evitar o esgotamento no trabalho?

Rotina de cobranças e de demandas intensas promovem o cansaço físico e mental dos funcionários.

Muitos trabalhadores enfrentam diariamente uma rotina de estresse e demandas profissionais que os esgotam e prejudicam sua saúde. No caso dos trabalhadores das grandes cidades, isso ainda é agravado por situações como trânsito intenso, prolongando o estado de estresse e diminuindo o tempo para descansar.

Assim, é uma preocupação cada vez maior das empresas e dos trabalhadores adotar medidas que possam combater esse esgotamento. Uma das alternativas é comprar uma passagem do Jabaquara à Praia Grande para fazer aquela viagem, deixar as pressões do dia a dia de lado e descansar na praia.

Contudo, outras atitudes podem ser feitas para proporcionar um ambiente mais saudável para o trabalhador. Entenda melhor sobre o tema abaixo.

Síndrome de Burnout

Também conhecida como a Síndrome do Esgotamento Profissional, a Síndrome de Burnout é uma doença que vem se tornando mais comum e também mais debatida atualmente. Trata-se de um fenômeno psicossocial, em que as pessoas acometidas sofrem um esgotamento físico e mental intenso, como uma forma de resposta à soma das pressões prolongadas nos círculos pessoais e profissionais.

Porém, não se pode confundi-la como mero estresse. O Burnout acontece quando esse estado estressante é prolongado a ponto de se tornar crônico, estando ligado diretamente à rotina de trabalho do indivíduo. Isso é caracterizado por sintomas como ansiedade, agressividade, pessimismo, baixa autoestima, mudanças bruscas de humor, isolamento e depressão.

Alguns fatores colaboram para que os profissionais desenvolvam essa condição. Os mais comuns são excesso de trabalho e falta de recursos estruturais e pessoais para exercer as tarefas do dia a dia. Outros fatores relatados são as relações conflituosas com clientes ou companheiros de profissão, o nível de exigência de produtividade e a impossibilidade de progredir ou ascender na profissão.

Ela pode afetar profissionais de diversas áreas, sendo muito presente nas profissões que demandam contato direto com pessoas. É o caso de atendentes de telemarketing, motoristas de ônibus, enfermeiros, médicos, recepcionistas, professores e assistentes sociais, entre outros.

Medidas contra o esgotamento

Várias atitudes preventivas podem ser adotadas por empresas e trabalhadores para combater o esgotamento profissional, parar um pouco o trabalho e ver sua música favorita com um fone bluetooth pode ajudar muito. Saiba quais são algumas delas.

Gestão de tempo

Ter uma rotina bem organizada é uma forma de evitar a Síndrome de Burnout. Para alcançar esse objetivo, separe quais são as tarefas urgentes das importantes, para não se sobrecarregar. Uma boa dica é utilizar ferramentas de organização, como aplicativos próprios para detalhar suas demandas do dia e executá-las uma por vez, respeitando seu limite e seu tempo.

Não seja perfeccionista

Uma das formas de se esgotar mentalmente é querer que tudo seja feito de maneira impecável. O perfeccionismo pode facilmente causar frustração, além de ser uma forma de ter uma pressão a mais sobre seu trabalho — em muitos casos, desnecessária. Crie o hábito de ser mais tolerante consigo e os demais e valorizar mais o resultado final.

Tenha um tempo para si

Tenha em mente a importância de ter um tempo para si mesmo ao longo do dia. Após horas de trabalho, é fundamental que o corpo e mente possam descansar um pouco, deixando todas as questões mais importantes em segundo plano.

Aproveite esse tempo de diversas maneiras, como praticando exercícios físicos (que ainda melhorarão a sua saúde), lendo um livro, assistindo séries ou fazendo outro passatempo do seu gosto. Sempre que possível, tente viajar para descansar em um ambiente mais calmo, aproveitando para conhecer novos lugares e vivenciar novas experiências.

Crie um programa de gestão de saúde

A empresa não pode negligenciar o bem-estar dos seus funcionários. Portanto, além de incentivar que todos os colaboradores, incluindo as lideranças, promovam um ambiente mais compreensivo e de menor cobrança, também é importante desenvolver programas que acompanhem a saúde deles.

Entre as alternativas está a possibilidade de oferecer terapias como meditação, ioga e acupuntura. Também é indicado contratar um profissional para fazer o acompanhamento psicológico dos profissionais, garantindo um espaço em que ele possa relatar seus problemas sem julgamentos e de maneira segura.

Invista em um espaço de relaxamento

Uma das formas de criar um ambiente mais agradável na empresa é ter um espaço exclusivo para que os funcionários relaxem. Esse espaço de lazer é ideal para que ele possa ouvir música, tirar um cochilo após o almoço ou ler um pouco, além de fortalecer as relações com demais funcionários para além de assuntos ligados ao trabalho.

Ter um espaço como esse protege a saúde do trabalhador e de sua qualidade de vida. Consequentemente, a produtividade e seu engajamento durante as horas de trabalho também são aprimoradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *